As descobertas que faço e coisas que aprendo

Conselho para engenheiros (ou qualquer pessoa) que tenha vontade de abrir uma empresa segundo o Steve Wozniak :

Primeiro, tente ser o mais ético possível, aberto e confiável. Não esconda nada. Se isso for necessário por questões de trabalho, pelo menos explique o que está fazendo. Não engane as pessoas. Tenha certeza em seu coração de que você é uma boa pessoa com bons ideais, porque isso influenciará sua autoconfiança e a crença em suas habilidades. Procure sempre a excelência; faça o seu produto melhor do que uma pessoa média faria. E mesmo se você consegue fazer algo assim rapidamente, é sempre preciso pensar e repensar: "Será que eu posso fazer melhor do que isso?" Seu produto não ficará necessariamente melhor no final, mas você chegará perto do produto e sua própria cabeça o entederá melhor. Seus neurônios estarão sempre estudando o problema, e assim, às vezes, a solução pode surgir de modo inesperado. Também, se for necessário modificar ou acrescentar algo, você pode fazer isso rapidamente quando tudo está na sua cabeça. Não tem que pegar listagens para descobrir onde errou. Você não comete tantos erros, assim. Acredite que o que você tem é o melhor do que qualquer coisa que tenha existido antes. Em tecnologia, devemos sempre avançar, nunca andar para trás.

Se não tem as ferramentas necessárias, encontre uma maneira de resolver mesmo sem elas. Se não consegue imaginar uma maneira de testar alguma coisa e fazê-la funcionar, não acho que seja o tipo certo de pessoa para ser um empresário. Empresários têm que estar sempre se ajustando... tudo muda, tudo é dinâmico, e se você tem uma ideia que não funciona, precisa buscar outra, para substituí-la. O tempo é sempre crítico porque alguém pode sempre derrubar você. É melhor ser jovem porque você pode perder muito mais noites, trabalhar até muito, muito mais tarde. Porque você tem que fazer o que tem que ser feito, e quase não há outra maneira de resolver. Quando chega o momento, é sempre crítico.

Trecho retirado do livro: Startup - Jessica Livingston